Pais, como ajudar as crianças a lidar com o isolamento?

 Em Dicas

Os tempos não são fáceis, mas cremos em uma realidade de esperança em Jesus e por isso seguimos confiando naquele que já venceu o mundo!

Precisamos cuidar de nossos corpos, mentes e espíritos ainda mais durante este período de pandemia e isolamento social, e o mesmo vale para as nossas crianças. Precisamos conduzi-las e ajudá-las a lidar com a situação da melhor forma possível, e foi pensando nisso que trouxemos algumas dicas para vocês, pais, sobre como ajudar as crianças a lidar com o isolamento, acompanhe:

Aproveite o momento para ter momentos de comunhão em família

Na correria do dia a dia, por muitas vezes acabamos não dedicando o tempo devido para a família, e o isolamento social nos posicionou em um lugar em que passamos mais tempo com a família e com as pessoas que vivem conosco. É muito importante aproveitar este momento para mostrar para as crianças sobre a importância de ter paz dentro de seu próprio lar, de viver em comunhão e amor com a própria família para que elas amem estar naquele lugar e chamá-lo de lar.

Aproveite a oportunidade para conversar sobre sentimentos e ensinar sobre a soberania, graça e misericórdia de Deus

Esse é também um ótimo momento para conversar com as crianças sobre a soberania, graça e misericórdia de Deus, que são coisas que nos trazem o consolo de estarmos vivendo sob o cuidado de alguém muito maior do que nós mesmos e que nunca perde o controle de nenhuma situação.

Use os recursos e dispositivos eletrônicos a seu favor

O isolamento social diz respeito apenas ao espaço físico, por isso, ajude seus filhos a manter o contato com as pessoas que eles amam, através dos recursos e dispositivos eletrônicos que temos em nossas mãos. Vale fazer uma ligação para os avós, para os colegas de turma, amigos, e até mesmo para os professores! É muito importante que as crianças saibam que quando tudo isso passar, elas continuarão tendo pessoas muito amadas em suas vidas!

Posts recentes

Deixe um comentário

4 Ferramentas organização dos estudos